terça-feira, 18 de agosto de 2015

Como desinstalar o TeXworks que vem com o MiKTeX

Sempre que o MiKTeX é instalado, o TeXworks fica como padrão para visualização de arquivos .tex até que você mude para o seu editor favorito. Como uso o WinEdt, ficar com o TeXworks instalado sempre me incomodou.

A maneira de desinstalar o TeXworks é muito simples, aprendi esses dias:

1) Abra o  MiKTex Package Manager (Admin) e faça uma busca pelo texworks por meio do filtro, conforme imagem abaixo:






2) Vão aparecer os dois arquivos da figura. Em cada um deles, selecione com o ponteiro esquerdo do mouse e clique em "Uninstall".

Pronto, o TeXworks será desinstalado.

Ponteiro do mouse carregando sem parar no Win 7

Há alguns dias percebi um problema chato: o ponteiro do mouse fica carregando sem parar. Descobri, por meio do velho CNTRL+ALT+DEL, que um processo estava consumindo a CPU, sendo, provavelmente, o motivo do carregamento sem fim do mouse. Era msosync.exe.

Depois de olhar alguns blogs, estou postando a solução que funcionou para mim. O procedimento abaixo é para Windows 7, mas acredito que deve funcionar no Windows 8, apenas os caminhos para encontrar o "Agendador de Tarefas" serão diferentes.

O  msosync.exe é um processo de atualização do Microsoft Office que roda em segundo plano. A maneira mais segura (sem mexer no registro) de desabilitá-lo é como segue:

1) No menu "Iniciar", vá em "Programas">"Acessórios">"Ferramentas do Sistema">"Agendador de Tarefas".

2) Clique em "Biblioteca do Agendador de Tarefas" e, na tela do meio, localize a tarefa "Microsoft Office15 Sync for... (nome do seu computador)", conforme figura abaixo:


3) Selecione a tarefa, clique com o botão esquerdo do mouse e clique em "Desabilitar".

4) Reinicie o computador.

Pronto. Depois que reiniciar seu computador, o mouse deverá ter voltado ao normal.
Se tiver algum conhecimento, pode, inclusive, desabilitar outras tarefas que consomem processamento do seu computador.

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Como colocar animações no LaTex.

Algo interessante que precisei fazer e aprendi recentemente é introduzir um gif animado no LaTex Beamer.
Fica muito bonito e é uma forma de melhorar a sua apresentação. Entretanto, é necessária uma pequena preparação, pois o Beamer não reconhece arquivos .gif. Portanto, é preciso seguir corretamente os passos abaixo.

1. É preciso desmembrar o gif animado em uma sequência de imagens no formato png ou jpg. Para isso, há duas formas de fazer:


      a) Pelo prompt do DOS:
  • Abra o prompt de comando do Windows e procure o diretório onde o gif animado está salvo. 
  • Para quem usa WinEdt, o prompt pode ser aberto pelo próprio programa. Se alguém tiver dúvidas em como usar o prompt do windows, tenho um post sobre isso  AQUI.
  • Use o seguinte comando no prompt:
convert my_gifanimatedfile.gif my_pngfiles-%d.png
  • No comando acima, my_gifanimatedfile.gif é o seu arquivo gif e my_pngfiles é o nome que você vai dar aos arquivos png. A parte -%d tem que ser digitada no final do nome que se quer dar aos arquivos png exatamente assim.
  • Exemplo: se seu arquivo gif se chama animacao.gif, o comando no prompt do windows será: 
 convert   animacao.gif   animacao-%d.png
  • Isso irá criar uma série de arquivos .png numerados de 0 a (n-1), em que n é a quantidade total de arquivos gerados.
      b) Usando um site para conversão dos arquivos. Pela busca no Google é possível encontrar vários. Um exemplo é  http://image.online-convert.com/convert-to-png


2. Tendo gerado os n arquivos png, você deve carregar o pacote animate no preâmbulo do Beamer, além do pacote graphics:
 \usepackage{animate}
\usepackage{graphics}
3. No frame onde você quer que a animação apareça, você vai usar o seguinte comando:
\animategraphics[autoplay,loop,scale=0.38]{2}{animacao-}{n-1}
Esse comando acima é apenas um exemplo. A exibição da animação pode ser configurada de outra forma. Para isso verifique o manual do pacote animate na página do CTAN ou  AQUI.
 

terça-feira, 17 de abril de 2012

Problema no Adobe Acrobat e Embedded Fonts

Hoje fui abrir um arquivo no Acrobat Reader e deparei com a mensagem:

"Cannot extract embedded font  'CMR10-Identity-H'. Some characters may not display or print correctly."

E o arquivo não abriu. A dica do fórum AcrobatUsers.com me ajudou a recuperar o arquivo.

Para recuperar o arquivo e poder abri-lo normalmente, primeiro é preciso ter algum programa que imprima pdf. Eu tenho o PDFCreator. Depois, siga os passos a seguir:

1. Abra o arquivo somente na primeira página, não tente navegar nele;
2. Vá em "Print" e selecione o PDFCreator (ou o programa que você tiver) como impressora;
3. Entre na aba "Advanced" clicando no canto inferior esquerdo da janela de impressão e marque "Print as Image", no canto superior um pouco à direita e dê "OK";
4. Mande imprimir.

O arquivo ficará com uma resolução mais baixa, mas pelo menos você consegue recuperar.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Matlab R2008b fecha quando usa o comando Plot depois da atualização do MAC

Depois que atualizei o Mac para o sistema operacional mais recente (OS X Lion), o Matlab 2008b começou fechar sozinho quando um programa tinha o comando "plot".
Encontrei a solução no site da MathWorks, que copio abaixo em sua íntegra. Usei e funcionou:



Why does MATLAB crash when starting or when using FIGURE or PLOT after I updated my Mac OS to 10.5.8 or 10.6.8 in versions prior to MATLAB R2008b?


Date Last Modified: Friday, December 2, 2011
Solution ID:

1-F37IJB
Product:

MATLAB
Reported in Release:

R2008b
Platform:

Maci32
Operating System:

Mac OS 10.6x (Snow Leopard)
 

Subject:

Why does MATLAB crash when starting or when using FIGURE or PLOT after I updated my Mac OS to 10.5.8 or 10.6.8 in versions prior to MATLAB R2008b?

Problem Description:

After I updated Mac OS to 10.5.8 or 10.6.8, MATLAB crashes with this message when I execute FIGURE, PLOT, or SET. On some machines this occurs with any call to FIGURE or PLOT. On other machine, it always occurs on the same line or a script or function that may contain previous calls to PLOT, FIGURE, or SET. Also, sometimes when I am starting up MATLAB:

_NSJVMLoadLibrary: NSAddLibrary failed for /libjawt.dylib
JavaVM FATAL: lookup of function JAWT_GetAWT failed. Exit

This message shows in the terminal if I open MATLAB from the terminal.
If I open MATLAB by clicking on the application, MATLAB just disappears. The same message shows in the Console. Sometimes, no crashdump files are generated.

Solution:

The crash is possibly related to upgrading the Mac OS to version 10.5.8 or 10.6.8. This issue has been seen in MATLAB R2007a, R2007b, and R2008a, including both Professional and Student versions.

Configurations reported with this crash:
==============================
Mac OS 10.6.8 with Java 1.6.0_26
Mac OS 10.5.8 with Java 1.5.0_30
==============================


Please note that OS 10.6 is not officially suported for MATLAB R2007a, R2007b, and R2008a. Check the System Requirements for a particular MATLAB version here:

http://www.mathworks.com/support/sysreq/previous_releases.html

If upgrading to a newer version of MATLAB is an option, upgrading MATLAB to versions R2008b or above would fix the crash.


If upgrading is not an option, as a workaround, replace a statement in the matlabrc.sh file as follows:
================================================
<Step 1>:
Close MATLAB, if there is any session open.


<Step2>:
Locate the file, 'matlabrc.sh' as follows:

In Terminal or xterm , type:
open -a TextEdit $MATLABROOT/bin/.matlab7rc.sh
in which $MATLABROOT is the output of "matlabroot" from the MATLAB command prompt.

For example, for MATLAB R2008a:
open -a TextEdit /Applications/MATLAB_R2008a/bin/.matlab7rc.sh

<Step3>:
Open the matlabrc.sh file in the editor to replace a line as follows:

1. Navigate to Line 410 to locate:
DYLD_LIBRARY_PATH=

This line is a part of the following code in the "mac" section of matlab7rc.sh:

if [ "$DYLD_LIBRARY_PATH" != "" ]; then
DYLD_LIBRARY_PATH=$DYLD_LIBRARY_PATH
else
DYLD_LIBRARY_PATH=fi


2. Change the 4th line in the code mentioned above from
DYLD_LIBRARY_PATH= to
DYLD_LIBRARY_PATH=/System/Library/Frameworks/JavaVM.framework/Libraries

<Step 4>:
For users on MATLAB R2007a and R2007b, after making the change in the "mac" section, make the same change the "maci" section. This section is right below the "mac" section.

For users on MATLAB R2008a, directly go to Step 5.

<Step 5>:
Save the changes by pressing "Command" + "s" keys.


<Step 6>:
Restart MATLAB.

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Barra de Tarefas do Windows 7 desapareceu!!!

Olá pessoal. Descobri um bug chato do Win7: quando algum programa seu dá um erro, a barra de tarefas desaparece. Você tem acesso aos programas abertos usando ALT-TAB, mas a barra de tarefas só volta se você fizer logoff ou reiniciar o computador.

Na verdade, há um jeito de fazer a barra de tarefas voltar (eu acabei de fazer).

Veja a dica que vi no forumpc (http://www.forumpcs.com.br/comunidade/viewtopic.php?t=192537):

1. Dê CTRL-ALT-DEL e selecione"Iniciar Gerenciador de Tarefas"

2. Na janela "Processos", clique em "explorer.exe" e finalize

3. Clique em"Arquivo" > "Nova tarefa (executar)" e digite "explorer.exe" e dê ENTER

Pronto, a barra de tarefas volta.

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Como abrir o Prompt de Comando no Windows 7

Alguns usuários relativamente recentes de Windows (10 a 15 anos) nem sabem que existe o Prompt de Comando, no qual se usam comandos do extinto DOS.
Na minha postagem anterior, mostro como criar um arquivo .bb para utilizar figuras jpg no Beamer. Para gerar esse arquivo .bb é preciso usar o Prompt de comando.

No Win7, você encontra o Prompt em:  Iniciar > Todos os programas > Acessórios > Promp de Comando.
Vai abrir uma janela preta, como esta:

Depois, você precisa chegar até a pasta onde está a figura que você vai inserir no beamer. Digite "dir" e você verá uma lista das pastas dentro do diretório onde você está:


Verifique a pasta onde você precisa entrar e digite "cd PASTA". Por exemplo, para a tela acima, se a pasta onde está minha figura estiver dentro de "Documents", eu digito "cd Documents".
Esse procedimento deve ser repetido até você chegar na pasta onde está a sua figura. Quando você digitar "dir" e aparecer a sua figura listada, você digita "ebb figura.jpg", e, então, é criado o arquivo figura.ebb na mesma pasta.